Sobre o projecto Reforma Agrária

Sobre a Reforma Agrária

O Projecto da Reforma Agrária, surgiu de uma reflexão sobre a qualidade da nossa alimentação e do nosso estilo de vida, generalizado nos meios urbanos.

Numa tentativa de reduzir a quantidade de lixo doméstico, os fundadores deste projecto iniciaram-se na compostagem para reduzir o seu lixo orgânico, mas o que começou por ser uma experiência, transformou-se numa grande aventura de conhecimento e enriquecimento pessoal que não poderiam deixar de partilhar.

Porque a prática da compostagem orgânica, num apartamento, nos levanta questões difíceis de responder - no contexto de um modelo de vida urbano da sociedade actual. Mas não quisemos ignorá-las, nem desistir...

Durante este processo, fizemos descobertas surpreendentes!

Descobrimos pessoas que têm as mesmas dúvidas e a mesma falta de respostas, que nós.

Procuramos envangelizar outras pessoas e assistimos a muitas reticências e desistências pelo caminho...

Porque "é difícil reduzir em vez de reciclar", porque "é caro comer bem", porque "não é possível alimentar o mundo sem agroquímicos", porque "a alimentação saudável é para os ricos", porque "não é possível fazer compostagem num apartamento", porque "não há tempo para cultivar uma horta com o ritmo de vida actual", porque "não é possivel ter uma horta numa varanda""porque.. o que é que nós ganhamos com isso?" , etc, etc, etc...

Não fazer nada, não pensar nada, não debater nada, sobre este assunto, essa sim é a pior resposta!

Sempre que procuramos respostas, entre vizinhos, familiares e amigos, os argumentos repetiam-se com uma segurança confrangedora!

Mas nós achamos que, não fazer nada, não pensar nada, não debater nada, sobre este assunto, essa sim é a pior resposta!
A que só irá agravar, ainda mais, este problema.

Nós temos uma opinião sobre estes assuntos e quermos partilhá-la, mas não passa disso mesmo, uma opinião...

Questões levantadas pelo projecto Reforma Agrária

Questões como,

  • Onde encontrar alimentos saudáveis e acessíveis, para mim e para minha família?
  • Será que estou a fazer tudo o que posso pelo planeta?
  • Será que posso fazer alguma coisa, para mudar, a minha pegada ecológica, sem abdicar do meu conforto e da modernidade?
  • Será que é possivel viver numa cidade e ser sustentável?
  • Será que posso produzir alguns alimentos, na cidade?
  • Será que a vida se resume a este vazio ciclo, eterno e individualista, de Trabalhar para Comprar para Desfrutar?
  • Será que sou melhor do que Trump, na minha Responsabilidade Ambiental?
  • Porque é que cada vez estamos mais desligados, uns dos outros?
  • Porque abdicamos cada vez mais do contacto directo com a Natureza?
  • Como viver de forma mais saudável sem ter que mudar de emprego, de família, nem de cidade?

Achamos que podíamos fazer parte da resposta, ao criar uma plataforma que juntasse outros cidadãos como nós, que não encontram resposta para muitas destas questões.

Que problemas nos propomos resolver

maçãs em decomposição no solo, no interiopr de Portugal

Esta plataforma é um e-Marketplace de Produtos Agrícolas, onde:

  • é possível comprar e pagar directamente aos produtores locais.
  • o agricultor local, é quem decide o preço, a quantidade e as condições de venda
  • o agricultor local, recebe de imediato o pagamento do cliente, na sua conta, sem intermediários
  • se privilegia uma agricultura sustentável, mas não se exclui ninguém
  • a única exigência que se faz é na transparência
  • o utilizador pode deixar o seu feedback sobre a sua experiência de compra e sobre os produtos
  • o agricultor pode deixar o seu feedback sobre a sua experiência de venda
  • se divulgam, através de um directório, as feiras e mercados locais, para ajudar a estimular, dinamizar e reabilitar os mercados municipais e locais
  • se pode trocar, dar, comprar e até pedir, plantas estacas e sementes, através de um banco de troca de sementes
  • se poderá em breve trocar, comprar, alugar ou procurar, terrenos agrícolas e florestais
  • se pode trocar conhecimento e interagir com outros utilizadores
  • pode associar-se a uma feira, como produtor agrícola, para vender antecipadamente os seus produtos e entregá-los na feira
  • pode partilhar a sua opinião, sobre feiras e mercados, e outros assuntos
  • dar visibilidade aos produtores agrícolas

E por fim, mas não menos importante, uma plataforma que pretende ser, também, um ponto de partida para o Debate e a Reflexão sobre:

  • A Biodiversidade e a Sustentabilidade da Agricultura e das Florestas
  • A Qualidade de Vida nos Meios Urbanos e as Alternativas
  • A Qualidade de Vida nos Meios Rurais e as Alternativas

Produtores, Facilitadores, Respigadores, Proprietários Agrícolas, AgitadoresConsumidores Locais, podem reunir-se e Trocar Produtos, Arrendar e Comprar Terrenos Agrícolas, Partilhar Sementes, Informação, Conhecimentos e Ideias.

Queremos realmente fazer parte da resposta, a esta questão:

Que futuro para a nossa qualidade de vida, individual e coletiva, nomeadamente a nossa qualidade alimentar?

Temos uma opinião sobre o assunto, mas continuamos com mais dúvidas, do que respostas... por isso queremos contar consigo, para alargar este debate e colocá-lo na agenda de todos nós! 

Se tudo isto lhe é familiar, junte-se a nós!



MENU