Como plantar Alho

como plantar alhos| Reforma Agrária

O alho, Allium sativum, é uma planta do género Allium, e é um parente próximo das cebolas, chalotas, alho francês e do cebolinho. 

Os alhos podem ser plantados através de sementes, mas o processo mais comum, consiste em separar os dentes de uma cabeça de alho e enterrá-los no solo.

Cada bolbo de alho tem entre 10 e 15 bolbilhos e você pode aproveitar todos os dentes da cabeça de alho, mesmo os mais pequenos, descartando apenas os dentes que estejam danificados, ou apodrecidos e aqueles dentinhos muito finos, tipo lamelas, que por vezes surgem, entaladinhos no meio dos outros - eu a esses reservo-os para as minhas galinhas, para as manter saudáveis ;).

Mas não espere cabeças de alho grandes, de dentes de alho pequeninos  - o resultado é proporcional ao tamanho do seu bolbilho (dente de alho). Mas o tamanho não é tudo, porque  existem variedades de alhos regionais,  com bolbilhos pequenos, mas extremamente aromáticos, por isso não deixe de as semear, se tiver oportunidade.

Como plantar alhos em vaso

O alho é uma planta com uma raiz pouco profunda, pelo que se pode desenvolver perfeitamente numa caixa ou num vaso, na sua varanda.

Faça buracos na terra, com a profundidade do dobro do tamanho do dente de alho e plante-os com a parte fina voltada para cima, pois é daí que vai brotar a parte aérea do alho.
Quanto maior o espaçamento, maiores serão as cabeças de alho, logo uma distancia de 15 a 20cm, seria o ideal, mas se vai plantar em vaso, ou tem falta de espaço, opte por intervalos de 10cm, entre eles.

como plantar dentes de alho| Reforma Agrária

Quando plantar

Os alhos crescem bem nos meses frios. Em Portugal, podem plantar-se, quer no outono, quer no inverno, mas as melhores colheitas, costumam ser as das plantações de outono.

Se mora num local com um inverno pouco rigoroso, como o litoral centro, pode fazer a sua plantação de alhos durante todo o outono e inverno, porque os alhos gostam de temperaturas amenas.

Se vive numa região muito fria, opte por fazer a sua plantação apenas no fim do verão/início do outono, ou no início da primavera. Faça buracos um pouco mais profundos, para proteger os dentes das geadas e do frio à superfície. Também pode em alternativa, plantar anrecipadamente os dentes de alho, num estufim, ou numa numa bandeja, em ambiente protegido, e transplantar mais tarde para a sua varanda ou quintal. 

Se vive no Sul de Portugal, plante durante o outono e inverno, a uma profundidade aproximada de 4cm.

Como cuidar dos alhos 

Plantar

Se vive numa zona muito quente, antes de os plantar, pode colocar os alhos no frigorífico, durante um mês, para quebrar a dormência. 

Um ou dois dias antes de os semear, retire-os para a temperatura ambiente, separe os dentes de alho e coloque-os numa bandeja, sobre um pano ou papel humedecido.
Calcule a quantidade de alhos que precisa para ser auto-suficiente e organize o espaço na sua horta, de acordo com a sua necessidade. Tenha em atenção que o alho é uma cultura de desenvolvimento lento, e lhe vai ocupar o espaço durante 9 meses, embora o possa consociar com outras culturas, para rentabilizar o espaço.

Cuidar

Não precisa de regar se estiver tempo húmido, vá apenas retirando as ervas que crescem junto ao pé da planta, para favorecer o seu desenvolvimento, mas não seja exaustivo a eliminar as ervas porque elas também ajudam a preservar a estrutura do solo e protegem a sua horta das geadas no inverno. 

O Alho é uma planta pouco exigente, que se desenvolve bem em qualquer solo, mesmo que não seja muito rico em nutrientes.
Deve fazer rotação dos locais de cultivo, ou seja não plante os alhos duas vezes seguidas no meso local, para evitar pragas e doenças.

Evite também plantar alhos nos locais onde plantou antes: cebolas, chalotas, alho francês ou cebolinho.

Se não dispuser de outro local, renove o solo, com um composto bem curtido.

Os alhos são plantas de crescimento lento, por isso vai ter de aguardar cerca de 9 meses, até estarem prontos para colheita. Mas em contrapartida, é uma cultura pouco exigente, em termos de cuidados e regas, sobretudo após o primeiro trimestre.

Sugestões:

  • Pode plantar os alhos em cama alta, com terra mais solta, para facilitar o seu desenvolvimento e impedir que apodreçam por excesso de água.
  • Pode misturar na terra um composto, bem curtido, com estrume das suas galinhas, se tiver uma capoeira em casa - mas evite usar estrume de proveniência duvidosa. 
  • Pode enriquecer o solo com cinza - mas evite cinza de proveniência duvidosa.
  • Cubra o solo com um pouco de palha, sobretudo se estiver numa zona mais sensível a geadas. 

Colher

A colheita dos alhos depende da variedade e do local, mas varia entre 4 e 9 meses.
Saberá que está na altura da colheita quando as folhas exteriores começarem a amarelecer e a secar. Nessa altura, escolha um dia de sol e sem humidade, e arranque os alhos do solo.
Depois da colheita, deve proceder à cura, ou seja deixar os alhos a secar ao sol durante uns dias, para perderem a humidade. Se estiver tempo seco, pode deixá-los ao sol numa eira ou pátio ensolarado até as folhas estarem completamente secas.

Armazenar

Depois da cura pode recolher os alhos e, guardá-los com as folhas entrançadas, em varas, num local fresco e seco, com boa ventilação natural. 

Separe todos os dentes soltos e bolbos danificados, para consumo imediato e reuna os restantes alhos, num molho ou formando uma trança com a rama.

Por fim pendure-os num local freso e seco, com boa ventilação, de preferência natural. 
Se as condições de armazenamento forem as ideais, os alhos podem conservar-se perfeitamente, durante um ano.
 

Após a colheita

como plantar dentes de alho| Reforma Agrária

Se cuidar bem da sua plantação, cada dente de alho plantado, dará origem a uma bela cabeça de alho, que pode saborear e repartir com a família e os amigos.
E como o alho é um probiótico natural, quando oferece alhos, cultivados de forma sustentável, está a cuidar da saúde dos seus familiares e amigos! 

Os alhos que sobrarem, devem ser armazenados num local fresco e seco, para se conservarem, em bom estado, até à próxima colheita.

Poderá usá-los para consumo, ou para a sua próxima plantação.
 

Partilhar no FacebookPartilhar no TwitterPartilhar no LinkedInPartilhar no PinterestEnviar por email

Mariana Barbosa

Artigos relacionados que talvez lhe interessem
MENU