É tempo de Colher as Maçãs, Abóboras e Castanhas!

Partilhar no FacebookPartilhar no TwitterPartilhar no LinkedInPartilhar no PinterestEnviar por email
Outubro é o mês das Colheitas de Outono e brinda-nos com uma grande abundância de abóboras, fruta e frutos secos.| Reforma Agrária

O Outono é o tempo das colheitas

Outubro é o mês, por excelência, das Colheitas de Outono e brinda-nos com uma grande abundância de abóboras, fruta e frutos secos.

Estamos no outono e é tempo de transformar e armazenar os alimentos para o inverno que se aproxima!

  • Guardam-se as chilas e as abóboras, para os doces de no Natal;
  • Armazenam-se os últimos frascos de legumes, transformados em pickles
  • Conservam-se os marmelos, as pêras e as maçãs, em calda e em deliciosas compotas caseiras.
  • As castanhas, nozes e avelãs ficam maduras e tombam no solo, fertilizando-o e alimentando os animais
  • Os soutos e os carvalhais enchem-se de matéria orgânica, que enriquece o solo e serve de alimento a muitas formas de vida.
  • Os olivais estão, em todo o seu esplendor, prontos a colher
  • As latadas, já despidas de uvas, começam a amarelecer.
  • Os kiwis começam a amadurecer
  • E ainda, se colhem-se as cebolas, e os alhos e as batatas

A celebração das colheitas.

O outono é uma estação plena de vida e de atividade, no meio rural!

Por todo o lado, nas vilas e aldeias, se movem os tratores, em grande azáfama para transportar, ora as uvas, ora as azeitonas, para os lagares.

Nesta estação o agricultor tradicional - aquele que cultiva um pouco de tudo no seu quintal - tem muito que colher e celebrar.

Não admira, por isso, que um pouco por todo o país, se celebre, esta fartura, com as Festas das Colheitas. 

Assim, nesta estação, decorrem em muitas localidades, inúmeras festas dedicadas a promover e feirar os produtos locais resultantes das colheitas anuais.

Partilhar no FacebookPartilhar no TwitterPartilhar no LinkedInPartilhar no PinterestEnviar por email

Mariana Barbosa

MENU